• Federação Associações Portuguesas Bélgica

Associações e clubes portugueses federados na Bélgica preparam o Dia de Portugal 2022





(Bruxelas, 21/04/22) Agora que se podem voltar a fazer reuniões associativas, os cidadãos dos clubes e associações desportivas portuguesas federadas na FAPB Bélgica estão a realizar as suas reuniões quinzenais, preparando o Dia de Portugal 2022 na Bélgica, que está agendado para 12 de Junho.


O Dia de Portugal, que celebra o poeta Camoens (1524-1580), é o auge de um processo em comum, associativo e participativo, onde a cidadania federada discute, delibera, aprova ou rejeita métodos e opções de acção, e depois... põe as mãos na massa. Ou seja, o método comunitário em prática.


As competências, recursos, experiência de vida de cada um são partilhados para o bem comum; e os resultados e benefícios são distribuídos de forma justa e igualitária.


Em 2022, o Dia de Portugal centrar-se-á no tema da "sustentabilidade" - ambiental, económica e social.


Na reunião de 21 de Abril na Pizzeria Otomat, os membros da FAPB discutiram o conceito de "sustentabilidade" como parte do compromisso de gestão sustentável do nosso evento. O que significa isso, afinal de contas? - Hugo Fortunato lançou o desafio.


Os membros trocaram ideias, tendo em conta as conclusões da reunião anterior de 8 de Abril. A economista Nelly Jazra Bandarra também contribuiu com os seus conhecimentos para a discussão. O conceito de sustentabilidade significa, afinal de contas, algo muito simples, que nossos pais e avós praticavam facilmente "viver, utilizar e gastar dentro dos limites dos recursos existentes": consumir menos; não desperdiçar; não gastar mais do que temos; poupar recursos para o amanhã; proteger a biodiversidade e assim a saúde das pessoas; reduzir as facturas que temos de pagar; evitar créditos múltiplos ao consumo e o sobreendividamento.


Neste sentido, podemos compreender o que significa "gestão sustentável" de uma casa, uma empresa ou um evento, como no caso do Dia de Portugal na Bélgica: significa que "small is beutiful", como defendeu, nos anos 70, o economista Ernst Friedrich Schumacher, ou seja : que a pequena escala local, a dimensão humana da comunidade, é o nível que oferece maior sustentabilidade, resiliência e durabilidade.


Participaram na reunião de 21 abril 2022 os seguintes dirigentes associativos e desportivos : António Gomes, Bruno Bernardeco, Lídia Martins, Acácio Costa, José Silva, Daniela Bardo, Nelly Jazra Bandarra, Margarida e Nuno Cerqueira, Miguel Pinto, Cátia e Rogério Arantes, São e Ivo Paixão. Outros/as colegas dirigentes associativos/as comunicaram que não podiam estar presente devido a obrigações associativas e desportivas, e também a estado de saúde.


Os voluntários Martin Morales, Hugo Fortunato e Bruno Mesquita ajudaram a organizar, preparar e facilitar mais esta reunião de trabalho.

65 visualizações0 comentário